sexta-feira, novembro 30, 2012

Pra saber o que é brilhar.


Eu hoje botei lua no seu dia,
E agora espero clarear.
Horas correm e voltam no tempo
E sabe mais quanto tempo vou esperar.
O eterno desencontro,
Misterioso encanto...
Sem previsão pra desencantar
Sigo pelos meus dias,
E enquanto sonhas,
Forço meu sonho pra te encontrar.
Preenche o que falta,
Retoma, reata o riso
Retorna pra rir em dois.
E me enxerga como queira,
Me apresenta o que você me vê
É um ensaio pra eu ser inteira
E talvez, até complete você.

2 comentários:

  1. Se for o encontro das almas certas não haverá "talvez", haverá o complemento imediato.
    Sorte! ;)

    ResponderExcluir